Linhas de Pesquisa

Descrição das Linhas de Pesquisa do NESI

Núcleo de Estudos em Sistemas de Informação


1 - Aplicação de computação a automação

 Automação é o conceito de tornar automáticas atividades repetitivas com uso de sistemas e equipamentos que efetuam coleta de dados e atuam nos processos, minimizando a necessidade da interferência humana e resultando em maior velocidade nas operações, redução de erros, controle e principalmente, em fidelidade de informação.

Para que um sistema de automação seja capaz de realizar tarefas mais complexas ele não deve apenas ser capaz de coletar dados e realizar ações, mas sim de tomar decisões baseadas nos dados coletas e objetivos esperados. A tomada de decisão no processo de automação é conhecida com automação inteligente e faz com que o sistema de automação deixe de ser um agente passivo e passe a participar do processo que coordena, de forma a evoluir, podendo aprender e tomar decisões sobre condições não necessariamente pré-definidas.

Essa linha de pesquisa abrange o estudo, construção e aplicação de sistemas de automação inteligente através da introdução da computação como elemento central e controlador do processo. Um controle algorítmico arquitetado sobre um conjunto de premissas e funções de avaliações para tomada de decisão de forma a gerar maior independente da interferência humana na execução de uma tarefa.

 

 Objetos de Estudo da Linha de Pesquisa:

·         Sistemas embutidos, micro controladores, atuadores e sensores;

·         Algoritmos adaptativos e aprendizagem de máquina;

·         Monitoração e automação;

·         Rede de sensores sem fios.

·         Web das coisas

·         Robótica

 

Professores Responsáveis:

  • Ms. Bruno Craveiro Caputo
  • Ms. Bruno Santos do Nascimento


2 - Gestão Tecnológica Sustentável da Informação

Estamos vivendo a “Era da Tecnologia e da Informação”, onde a cada ano são consumidos mais produtos tecnológicos provenientes do constante avanço da ciência pela criação de novos dispositivos, soluções de software inovadoras e equipamentos portáteis, que chegam para facilitar a vida das pessoas no ambiente de trabalho e fora dele também.

Entretanto, o consumo inconsciente destes recursos, na área da tecnologia da informação, merece uma reflexão sobre as futuras consequências associadas, e que podem ser nocivas à sustentabilidade da nossa sociedade.

Atualmente, a definição mais aceita para ‘Desenvolvimento Sustentável’ surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento da ONU criada para discussões de dois objetivos importantes para o progresso das nações: a conservação ambiental e o desenvolvimento econômico e social. A grande questão é: O que podemos fazer hoje para garantir que os efeitos dos nossos atos tenham menos impacto sobre o futuro da saúde do nosso planeta e da nossa sociedade? É neste contexto que a linha de pesquisa de “Gestão Tecnológica Sustentável da Informação” se enquadra, para entender e discutir o papel do setor de tecnologia da informação na promoção de um desenvolvimento sustentável para a sociedade e ao meio ambiente.


Objetos de Estudo da Linha de Pesquisa:

·        Tecnologias sustentáveis da informação;

·        TI Verde;

·        Tecnologias para gerenciamento e redução de resíduos físicos corporativos;

·        Transposição da sustentabilidade para a formação dos profissionais de TI.

 

Professores Responsáveis:

  • Ms. Bruno Santos do Nascimento
  • Ms. Rodrigo Neves Figueiredo dos Santos

 


3 – Gestão da Informação e do Conhecimento

Essa linha de pesquisa se encora no campo multidisciplinar da Ciência da Informação e envolve investigações dirigidas para a análise e o desenvolvimento de métodos e técnicas com objetivo de transformar a informação em conhecimento e o conhecimento em insumo para a tomada de decisão, aprendizagem, inovação e aperfeiçoamento dos processos organizacionais.


Objetos de Estudo da Linha de Pesquisa:

·     Gestão de Conhecimento: Suporte à captura, armazenamento, disponibilização, compartilhamento e uso do conhecimento em organizações. Gestão de Conhecimento baseada em Contexto. Redes Sociais. Impacto da gestão do conhecimentos no combate à exclusão digital.

·   Sistemas Colaborativos: Processos e técnicas de trabalho em grupo: Brainstorming, Decisão, Discussão, Entrevistas, etc. Sistemas de comunicação mediada por computador: fórum de discussão, bate-papo, videoconferência etc. Sistemas web para compartilhamento de conteúdo: notícias, fotos, vídeos, blog etc. Sistemas para rede de relacionamentos, comunidades virtuais, grupos. Sistemas para suporte à reunião (meetingware), negociação e decisão em grupo. Sistemas e ferramentas para avaliação colaborativa e formativa. Sistemas de Computação Móvel para colaboração. Sistemas Peer-to-Peer.

·   Sistemas para Educação à Distância: Sistemas e ferramentas para Educação a Distância (Ambientes de Aprendizagem). Sistemas para apoiar Métodos Educacionais (Aprendizagem Colaborativa, Baseada em Projeto, etc.).

 

Professores Responsáveis:

  • Ms. Bruno Santos do Nascimento